FAAP CIPA

Comissão interna de
prevenção de acidentes

Ergonomia: Mantenha a postura no trabalho



Ergonomia: Mantenha a postura no trabalho

Durante a jornada de trabalho é fundamental, conforme as características peculiares de cada função, que os trabalhadores executem suas tarefas com uma correta postura, com objetivo de não comprometer a integridade física e a saúde.

Segundo especialistas, a nossa musculatura sofre grandes consequências causadas pelo estresse e pela tensão no trabalho e a postura correta, assim como os exercícios específicos, podem ajudar bastante os trabalhadores a evitar possíveis problemas com a saúde durante o expediente.

O esgotamento físico e emocional, muitas vezes causados a partir dos fatores que envolvem os problemas posturais do indivíduo no ambiente laboral, diminui o rendimento do trabalhador, podendo proporcionar desde enxaqueca, lombalgia, hipercifose e tendinite, até doenças crônicas, como por exemplo: a escoliose e a hérnia de disco.

É muito importante para os trabalhadores que atuam durante muitas horas sentados, que adotem hábitos posturais corretos e adequados à cada tipo de atividade desenvolvida. Estudos ergonômicos comprovam que as rotinas posturais inadequadas no ambiente laboral, são responsáveis pelo surgimento de problemas como: DORT (Doença Osteomuscular Relacionada ao Trabalho) e LER (Lesões por Esforços Repetitivos).

Para a prevenção desses males, é fundamental que as empresas adotem os exercícios ergonômicos, como uma rotina diária, visando os ajustes necessários posturais, para um melhor rendimento de sua equipe sem comprometer a saúde de seus funcionários.

A NR17 estabelece os parâmetros da ergonomia que permitem a adaptação das condições de trabalho às características dos trabalhadores em suas atividades diárias. O objetivo é proporcionar o máximo de conforto e segurança para um desempenho eficiente dos trabalhadores em suas jornadas de trabalho, incluindo aspectos relacionados ao levantamento, transporte e descarga de materiais, ao mobiliário, aos equipamentos e condições ambientais do posto de trabalho, além da organização das atividades.



Texto redigido pela Assessoria de Comunicação da
Ocupacional Medicina e Engenharia de Segurança do Trabalho

Fonte: http://www.ocupacional.com.br/