FAAP Fundação Armando Alvares Penteado

A Exposição

Obras em preto e branco, presentes na mostra inédita “P/B - Acervo MAB”, inauguram temporada de exposições do MAB FAAP, a partir de 17 de janeiro.

Com um recorte de obras dominadas pelos pigmentos preto, branco e as gamas intermediárias de tons de cinza, a mostra está distribuída nas paredes laterais do espaço expositivo, que exibe ainda a exposição, também inédita, “A cor não tem fim: pinturas e tapeçarias de Jacques Douchez”, com obras do artista e tapeceiro francês, dispostas no centro da sala do Museu. Ambas integram-se ao estarem atreladas, principalmente, à obediência curatorial que prestam à cor.

“P/B - Acervo MAB” apresenta 71 obras divididas em dois blocos: um destacará produções por ordem cronológica, como os desenhos de Candido Portinari, Emiliano Di Cavalcanti e Cícero Dias; o outro será composto por obras com tendência expressionista, como os retratos de mulheres de Flávio de Carvalho e os intensos desenhos em nanquim de Marina Caran.

Com predomínio de técnicas de desenho, a mostra apresenta a importância do preto e do branco na história da arte brasileira – do modernismo até os dias atuais.

Ao longo do período, serão realizadas visitas educativas, bate-papos com artistas, entre outras atividades. A agenda pode ser conferida, mensalmente, no link: www.faap.br/museu (acessar Setor Educativo).

Curadoria: José Luis Hernández Alfonso, Laura Rodríguez e Tatiana Bo

Compartilhar Facebook Compartilhe